terça-feira, 27 de novembro de 2012

Consu faz jantar festivo e destaca personalidades importantes para o XXIV CPA



Vice-prefeita de Maceió e empresários foram homenageados durante o evento 


O Conselho Superior do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) realizou nesta segunda-feira, 26, um jantar festivo no restaurante Maria Antonieta, na Jatiúca, em Maceió; para destacar as personalidades que foram importantes na consagração do XXIV Congresso Pan-americano de Arquitetos (XXIV CPA), que acontece em Maceió até o próximo dia 30.
Foram homenageados simbolicamente com a entrega antecipada dos crachás e do material do evento a vice-prefeita de Maceió, Lourdinha Lyra, que foi representada pela arquiteta Micheline Batista, e os empresário Luiz Jardim e Jorge Oliveira. Eles são apontados como as pessoas que colaboraram com a apresentação do Congresso à sociedade de Alagoas, em 2010, na Fits. A ideia foi tão bem aceita que pelo menos 780 arquitetos alagoanos estão inscritos no evento.
De acordo com o presidente do IAB de Alagoas e presidente do Congresso, Rafael Tavares, um evento deste porte, que já ultrapassou as 2 mil inscrições representa uma grande vitória da categoria no Estado. “Ainda na véspera vemos a grandiosidade deste evento, com a presença do presidente da União Industrial Argentina (UIA), Albert Dubleur, o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil), Haroldo Pinheiro, e delegações de vários países e Estados brasileiros. É, sem dúvida, um marco, um divisor de águas para a arquitetura de Alagoas e do Brasil”, define.
A 24º edição do evento praticamente igualou a quantidade de inscrições alcançadas pela 63ª Semana Oficial de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (63º SOEAA), realizada em 2006 em Alagoas, considerada um marco na área tecnológica para o Estado. Sobre alcançar esta marca concentrando apenas uma categoria, o presidente do IAB/AL revela: “Essa equivalência à SOEAA significa que a profissão é coesa, grandiosa, que ocupa todos os espaços, tem representatividade para impor suas demandas”.
Para o presidente do CAU Brasil, Haroldo Pinheiro, o encontro entre arquitetos de mais de 40 países que compõem o continente por si só já é de uma importância extrema. “Neste tempo de reorganização das cidades, é mais importante ainda poder fazer esta integração com os outros Estados e países. O fato do Congresso acontecer no 1º aniversário do CAU é de grande alegria para nós, porque foram vários anos de luta para conseguirmos sair do CREA. Nos últimos 15 anos buscamos com afinco e conseguirmos. Foi um desafio formidável e já nascemos grandes, com 100 mil associados e 27 seções estaduais. Tenho orgulho de dizer que vencemos”, avalia.
Para o presidente do IAB nacional, Sérgio Ferraz, este evento tem pelo menos duas dimensões: a 1ª é a reunião das entidades de arquitetos das Américas, fazendo com que as realidades, que são tão distantes, possam ser compartilhadas, permitindo uma troca de experiências.
“A outra dimensão é local, que serve como motivador para o conjunto de arquitetos e urbanistas locais, se potencializando”, defende.


Nenhum comentário:

Postar um comentário