quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Experiência habitacional do Peru é apresentada por Luis Pizarro




O diretor Nacional de Urbanismo e Diretor Executivo do Programa Nossas Cidades, do Ministério da Habitação, Construção e Saneamento do Peru, Luis Obdulio Tagle Pizarro, demonstrou a experiência habitacional do Peru ao longo desses 10 anos de implantação; durante sua conferência na manhã de quinta-feira, 29, no Teatro Gustavo Leite.
Quem esteve presente na palestra de Luiz Pizarro e no fórum de Políticas Públicas percebeu que o Brasil ainda tem muito que implantar em seus programas habitacionais e que o arquiteto é um profissional fundamental para o planejamento dos bairros. De acordo com Pizarro depois de 10 anos da experiência peruana, só agora eles estão realizando uma visão integrada.
“Não devemos pensar só em moradia, também devemos pensar nas cidades. E só agora nos demos conta de que devíamos ter feito uma política paralela. E por isso, atualmente estamos com um projeto de lei em processo de aprovação, para termos ferramentas que possamos trabalhar cidades planejadas, pois com uma visão integrada entre sociedade e território vamos conseguir uma cidade mais humana e territórios mais produtivos”, informou.
O peruano também abordou o crescimento por invasão sem planejamento das cidades, citando como exemplo Lima, mas sua perspectiva também se aplica ao desenvolvimento das cidades brasileiras.
De acordo com o palestrante a capital do Peru, que tem 30% da população do país cresce desordenada, sem projeção; tudo por conta do governo que deixa que a invasão dos espaços ocorra em locais que não possuem planejamento urbano. “Depois de 10 ou 15 anos o governo vai e realiza o saneamento, a rede de abastecimento de água, energia, entre outros”, disse. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário