quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Habitações argentinas são abordadas em conferência de Fernando Diez



O diretor do Departamento de Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Palermo (UP), Fernando Diez, mostrou as diferentes influências das habitações nas cidades e no meio de vida das pessoas através do tema “Crítica na Arquitetura” durante conferência no Teatro Gustavo Leite na tarde desta quarta-feira, 28.
Diez abordou questões como estratégias, explanando os grandes conjuntos residenciais construídos no centro da cidade, que ocupam quarteirões inteiros e possibilitam o isolamento do espaço público. O arquiteto também abordou táticas como as infiltrações feitas por alguns arquitetos que se utilizam de algo que já existe para dar um novo sentido a ele.

O espaço do Teatro estava lotado, e na última fileira estava a estudante do 8º período de arquitetura e urbanismo da Universidade Tiradentes em Aracajú, Julia Delmondes. Para ela o Brasil está recebendo uma oportunidade maravilhosa, que envolve profissionais teóricos e práticos de uma mesma área. “O XXIV CPA está sendo de grande valor, pois não é um congresso só com profissionais teóricos ou só com práticos, o evento está mesclando os dois com temáticas muito interessantes”, afirmou.
O assunto debatido por Diez foi inusitado para a estudante sergipana. “Nunca tinha ouvido falar sobre este tipo de abordagem, ele explorou como as habitações estão inseridas no urbano e como as pessoas a habitam”, finalizou Julia.

Palestrante
Arquiteto formado pela Universidade de Belgrano, na Argentina; e pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. É Diretor do Departamento de Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Palermo (UP), em Buenos Aires, Argentina. Editor executivo da revista argentina, Summa. Colaborador da seção de Opinião no jornal La Nación, em Buenos Aires.


Nenhum comentário:

Postar um comentário